quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

BOAS FESTAS!

BOM NATAL E FELIZ 2011!

SÃO OS VOTOS DE TODA A EQUIPA DO NE25A.

VOLTAMOS A 3 DE JANEIRO !

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

O NE25A... no YouTube!



Visualize a nossa primeira apresentação no " YouTube". Mostra algum do trabalho realizado durante o 1º ano de vida do NE25A ( 2009/10).


Siga a hiperligação ( imagem) e deixe o seu comentário.

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Aconselhamos... Aplicações QIM



Da professora Arminda Lima, a quem desde já agradecemos a colaboração, recebemos uma aplicação para Quadros Inter Activos sobre a Revolução do 25 de Abril.
Esta aplicação (em Notebbook), destina-se ao 6.º ano - tema D. Na primeira parte faz-se a exposição dos conteúdos e depois propõem-se uma série de actividades a desenvolver peços alunos.
Para descarregar a aplicação, siga a hiperligação ( imagem).
Os nossos agradecimentos à professora Arminda Lima.

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Aconselhamos... 6º Ano



Publicamos hoje o 2º trabalho do professor Fernando Carvalhais, disponível também na plataforma "R21" do qual já demos noticia.
Trata-se de uma aplicação "ppt" sobre o 25 de Abril, que servirá para concluír o tema referente a Portugal ( publicamos anteriormente um trabalho que versava do Estado Novo à Guerra Colonial).
Para descarregar este trabalho, siga a hiperligação ( aqui)
Os nossos agradecimentos ao professor Fernando Carvalhais.

domingo, 12 de dezembro de 2010

Aconselhamos... Materiais de 6.º Ano

Do professor Fernando Carvalhais, a quem desde já agradecemos a colaboração, recebemos autorização para dar a conhecer neste espaço, o trabalho em "PPT" sobre " O Estado Novo".
Esta aplicação em formato "power point", foi feita de forma a trabalhar com os alunos de 6.º ano, todo o conjunto de conceitos e de temas referente aos períodos entre o golpe de estado de 28 de Maio de 1926, passando pela instauração da Ditadura Fascista do "Estado Novo" e a Guerra Colonial.

Para descarregar este trabalho siga a hiperligação ( imagem).

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Aconselhamos... Aplicações QIM



Dos professores Isabel Pires e Mário Silva, a quem desde já agradecemos a colaboração, recebemos a devida autorização para proceder à publicação do trabalho que criaram sobre o 25 de Abril. Trata-se de uma aplicação para Quadros InterActivos, segundo o formato"Notebook".
É destinada a alunos do 9.º Ano de escolaridade.
Para descarregar este trabalho, siga a hiperligação ( imagem).
Brevemente iremos disponibilizar mais aplicações para 9.º ano, 6.º ano e 1º ciclo.

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

10 de Dezembro - 62 Anos Após!



A Declaração Universal dos Direitos Humanos foi adoptada pela ONU em 10 de Dezembro de 1948, por um Mundo ainda chocado com a selvajaria causada pela IIª Guerra Mundial (1939-45).
Embora não seja um documento que representa qualquer obrigatoriedade legal, serviu como base para os dois tratados sobre direitos humanos da ONU (Organização das Nações Unidas) e esses sim, com força legal: o Tratado Internacional dos Direitos Civis e Políticos, e o Tratado Internacional dos Direitos Económicos, Sociais e Culturais.
A Assembleia Geral proclama a presente Declaração Universal dos Direitos Humanos como o ideal comum a ser atingido por todos os povos e todas as nações, com o objectivo de que cada indivíduo e cada órgão da sociedade, tendo sempre em mente esta Declaração, se esforce, através do ensino e da educação, por promover o respeito a esses direitos e liberdades, e, pela adopção de medidas progressivas de carácter nacional e internacional, por assegurar o seu reconhecimento e o seu respeito universal e efectivo, tanto entre os povos dos próprios Estados-Membros, quanto entre os povos dos territórios sob sua alçada.

Neste dia, em que se celebram os 62 anos da assinatura desta Declaração, deixamos uma série de cartazes em “Publisher”, feitos pelos alunos da turma 8ºB, da E.B. 2/3 de Briteiros, onde tentam mostrar a sua visão de alguns artigos da Declaração.
Deixamos também uma aplicação "Power Point" sobre um dos principais problemas ainda existentes relativamente ao cumprimento da Declaração: a questão dos REFUGIADOS. Para visualizar e descarregar estes materiais, siga a hiperligação (imagem).

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Aconselhamos...


Hoje aconselhamos a visita a dois sites, para a análise e utilização de aplicações para quadros inter activos ( tecnologia Promethean e Notebook). Os sites são os seguintes:
http://www1.prometheanplanet.com/pt
http://r21.ccems.pt

Em qualquer um deles podemos encontrar aplicações muito interessantes sobre os temas analisados pelo NE25A ( como por exemplo Salazar, o 25 de Abril, etc.).
Se utilizar lembre-se que estas aplicações tem autores e não devem ser alteradas.

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Camarate... 4 de Dezembro de 1980

A 4 de Dezembro de 1980 no climax de uma campanha eleitoral para a presidência da Republica protagonizada entre Ramalho Eanes e Soares Carneiro, despenha-se sob o bairro de Camarate um avião Cessna. Neste seguiam o primeiro ministro de Portugal e líder do PPD/PSD, Francisco Sá Carneiro e o ministro da Defesa e um dos mais brilhantes parlamentares portugueses, Adelino Amaro da Costa ( CDS). Neste acidente, que muitos consideram ter sido um atentado, pereceram também mais 5 vitimas.
Neste dia e como forma de conhecermos cada vez mais sobre o Portugal em democracia, aconselhamos a leitura das seguintes obras:


da jornalista Maria João Avillez, a OL reedita " Francisco Sá Carneiro - Solidão e Poder". Esta obra pretende retratar o homem e o político, indispensável para conhecer e perceber o período pós 25 de Abril;






da autoria de Maria do Rosário Carneiro e da jornalista Célia Pedroso, com prefácio de Mário Soares, chegou ás livrarias a primeira biografia de Adelino Amaro da Costa. Naturalmente é dado um maior ênfase à componente política do Homem, considerado um dos grandes ideólogos do " centrismo".


quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

3 X 1 de Dezembro...


O 1º de Dezembro de luta. Neste dia comemora-se o " Dia Mundial da Luta contra a Sida". Pretende-se, neste dia, sensibilizar e actualizar a atenção das comunidades humanas para este problema. Propomos que aceda ao link da Associação Abraço ( imagem), para que se mantenha desperto e atento a um dos maiores problemas das sociedades contemporâneas.




Celebram-se hoje os 370 anos sobre a Restauração da Independência de Portugal. A 1 de Dezembro de 1640 e após alguns anos, particularmente a partir de 1630, de contestação e revoltas relativamente ao domínío Filipino, um grupo de nobres portugueses, apoiantes de D. João ( Duque de Bragança), irrompeu no Paço Real ( Lisboa) e expulsou a Duquesa de Mântua ( vice rei de Portugal em nome de Filipe III - IV de Espanha).
Neste dia procede-se à aclamação de D. João como Rei de Portugal ( D. João IV), dando inicio à Dinastia de Bragança ( deposta em 5 de Outubro de 1910).





Talvez o 1º de Dezembro menos conhecido e publicitado em Portugal ( mas que o NE25A não esquece), por oposição aos dois anteriores.
37 anos atrás ( 1973), reuniram-se na vila de Óbidos cerca de 180 oficiais das Forças Armadas em representação de 420 camaradas. Nesta reunião o MFA consolidou-se de uma forma decisiva, tendo sido eleita a primeira comissão organizadora do " Movimento dos Capitães " ( Vasco Lourenço, Marques Júnior, Hugo dos Santos, Otelo Saraiva de Carvalho, Sousa e Castro, Salgueiro Maia, Manuel MOnge, Miquelina Simões, Neves Rosa, Mourato Grilo, Pinto Soares, Luis Macedo, Manuel Geraldes, José Maria Azevedo e Torres, Fialho da Rosa, e Pinto Castro).
Numa edição da Câmara Municipal de Óbidos e da Associação de Defesa do Património do Concelho de Óbidos, da colecção " Essencial - Descobrir Óbidos", aconselhamos a análise do " Apontamentos da Reunião de Óbidos", lançado em 2003.


terça-feira, 30 de novembro de 2010

Pena de Morte


Hoje dia 30 de Novembro, 1307 cidades de todo o mundo vão iluminar os seus edificios mais emblemáticos, numa chamada de atenção contra a pena de morte ( aínda utlizada em vários países). Em Portugal mais de 20 cidades aderem a esta iniciativa , sendo que a mais próxima de nós é a de Cabeceiras de Basto ( desde já os nossos parabéns pela iniciativa).
Lembramos que Portugal foi um dos países na vanguarda da abolição da pena de morte, através da reforma legislativa de 1867.
Para saberes mais, acede ao sitio da Amnistia Internacional através do link ( Imagem).

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

25 de Novembro e o Grupo dos Nove.


Segundo alguns tratou-se da confirmação dos verdadeiros ideiais da Revolução de Abril; para outros, o fim da Revolução e do Poder Popular. Aínda hoje não há certezas sobre o que foi, como foi e quem teve a prioridade nas operações do 25 de Novembro ( ver para tal alguns dos livros que já aconselhamos em particular os dos coronéis Vasco Lourenço, Otelo Saraiva de Carvalho e Sousa Castro).



Faz hoje 35 anos que nove oficiais do Movimento das Forças Armadas ( MFA), criaram um documento a exigir a criação de uma Democracia pluralista ( por oposição a uma corrente favorável à criação da chamada Democracia Popular). Este documento que ficou conhecido por " Documento dos Nove" ( subscrito por Vasco Lourenço, Melo Antunes, Vitor Crespo, Vitor Alves, Franco Charais, Pezarat Correia, Canto e Castro, Costa Neves e Sousa e Castro), teve o apoio de alguns dos principais partidos políticos da altura ( PS, PSD, CDS) e a oposição de forças de esquerda particularmente ligadas a Vasco Gonçalves e a Otelo Saraiva de Carvalho. O ambiente de tensão que se viveu em Portugal durante todo o Verão de 1975 ( Verão Quente), propiciou as condições para que militares radicais ocupassem bases de para quedistas, levando à resposta das forças militares controladas pelo Grupo dos Nove. Nesta fase de resposta militar avultam os nomes de Costa Gomes ( Presidente da República que emite a declaração de estado de sitio para a região de Lisboa), Vasco Lourenço ( enquanto elemento de ligação da Coordenadorado MFA a Costa Gomes - 2ª imagem), Jaime Neves ( Comandante do Regimento de Comandos da Amadora -2ª imagem) e o Tenente Coronel Ramalho Eanes ( coordenador das forças do Grupo dos 9 e futuro Presidente da República - 2ª imagem). Também aqui, Salgueiro Maia saiu com os seus blindados da EPCS para Lisboa apoiando as posições do Grupo dos Nove.
Segundo muitos é nesta data que termina o PREC ( Processo Revolucionário em Curso).

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Caderno de Actividades!

Após 2 meses de trabalho, a equipa de alunos do NE25A encarregue da preparação do " Caderno de Actividades" lança hoje o seu trabalho neste blogue.
Algumas das actividades propostas são já conhecidas, outras são originais da própria equipa ( num total de 20 propostas de trabalho para crianças dos 5 aos 10 anos de idade) .
Para aceder ao "Caderno de Actividades" em PDF, siga o link ( imagem).
Esperamos as vossas críticas/sugestões.

domingo, 21 de novembro de 2010

Dia Mundial da Televisão.

Em 1996 a Assembleia Geral da ONU proclamou o dia 21 de Novembro como o " Dia Mundial da Televisão". Na passagem desta data não podíamos deixar de lembrar, de forma sintética, o que foi este meio para Portugal.

As emissões da RTP iniciaram-se em 1957. Muitos dos que viveram a Revolução dos Cravos, recordam as imagens transmitidas em directo pela RTP, do Largo do Carmo, ou da libertação dos presos políticos em Caxias. Nos inicios dos anos 8o, a cor chegou ás emissões da RTP que passou a ter concorrência a partir de 1992 ( SIC) e 1993 ( TVI).

Como forma de comemorarmos a data, aconselhamos que recordem a noticia publicada neste blogue em 12 de Março ( Um Olhar sobre Portugal - etiqueta Materiais,Alunos), onde pode descarregar o video produzido pelo NE25A, com diversas imagens da época de Abril.

Para já deixamos aqui uma primeira pista para o nosso próximo Video que será publicado brevemente.


video

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Leituras em Dia...


Otelo Saraiva de Carvalho chamou-lhe " um homem de palavra de honra".

Sophia de Mello Breyner escreveu:
" Aquele que na hora da vitória
Respeitou o vencido
Aquele que deu tudo e não pediu a paga
Aquele que na hora da ganância
Perdeu o apetite
Aquele que amou os outros e por isso
Não colaborou com a sua ignorância ou vício
Aquele que foi fiel à palavra dada à ideia tida
Como antes dele mas também por ele
Pessoa disse"

Da autoría de António de Sousa Duarte, editado pela Âncora Editores e com prefácio de Mário Soares, aconselhamos a leitura do livro "Salgueiro Maia - Um Homem de Liberdade". Trata-se um livro biográfico sobre a vida do Capitão Salgueiro Maia, talvez um dos maiores ícones da revolução dos Cravos. Particularmente curiosa a acção descrita pelo próprio Salgueiro Maia para os acontecimentos do 11 de Março e 25 de Novembro de 1975.

sábado, 13 de novembro de 2010

Libertação da Prémio Nobel da Paz!



Aung San Suu Kyi, 65 anos, líder política e activista dos direitos humanos birmanesa, premiada com o Nobel da Paz em 1991, foi libertada hoje, sábado, após sete anos e meio consecutivos em prisão domiciliária, pela Junta militar que governa Myanmar (antiga Birmânia).
Esta heroína da Liberdade, conhecida no seu país pelo nome de Dama, filha de Aung San, o herói nacional da independência da Birmânia que foi assassinado quando ela tinha apenas dois anos de idade.
Viveu em Londres até 1988 tendo voltado à Birmânia nesse ano e liderado a contestação a 26 anos de repressão no seu país. Em 1990 o seu partido (Liga Nacional para a Democracia), obtém uma vitória esmagadora nas eleições; esta vitória de pouco serviu já que a Junta militar que governa a Birmânia, colocou-a em prisão domiciliária. Aung San Suu Kyi viu a sua luta ser premiada através da atribuição do Nobel da Paz (1991); em 1995, a prisão domiciliária foi-lhe levantada, mas por pouco tempo. Com efeito nos últimos 19 an0s, esteve 13 em prisão domiciliária. Aung San Suu Kyi, manteve desde sempre a luta pelos direitos humanos, pela liberdade e democracia seguindo 2 grandes exemplos: Mahatma Ghandi e Martin Luther King .

Para saberes mais segue o link (imagem)

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

92 Anos Depois!




Comemoram-se hoje, dia 11 de Novembro de 2010, os 92 anos da assinatura do Armistício de Compiégne. O armistício foi o tratado que colocou um ponto final ás operações militares decorrentes da 1ª Guerra Mundial (1914-18/19), entre os Aliados e o Império Alemão. Da parte Aliada o principal signatário foi o Marechal Ferdinand Foch e da parte Alemã, Matthias Erzberger.
Após a assinatura os participantes no conflito reuniram-se em Paris ( Conferência de Paz), de onde saíram vários tratados dos quais, os mais significativos foram o Tratado de Versalhes e a criação da Sociedade das Nações.

Não podemos esquecer a participação de Portugal nesta Guerra. O CEP (Corpo Expedicionário Português). A estadia do CEP em França foi sempre muito atribulada, não tendo havido a substituição de efectivos, devido aos navios britânicos necessários para isso, terem sido requisitados para o transporte das tropas americanas para a Europa e porque alguns dos oficiais que conseguiam vir a Portugal, já não voltavam para o seu posto em França.
Após La Lys, o governo de Sidónio Pais afirmou tentar enviar mais 10 a 15 mil homens, mas esse envio nem nunca foi efectivamente concretizado.
Neste esforço de guerra, chegaram a estar mobilizados quase 200 mil homens. As perdas atingiram quase 10 mil mortos e milhares de feridos, além de custos económicos e sociais gravemente superiores à capacidade nacional. Os objectivos que levaram os responsáveis políticos portugueses a entrar na guerra saíram gorados na sua quase totalidade.
A unidade nacional não foi conseguida por este meio e a instabilidade política acentuar-se-ia até à queda do regime democrático em 1926.

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Angola... 35 anos depois.




No dia 10 de Novembro de 1975, o Alto Comissário e Governador-Geral de Angola, almirante Leonel Cardoso, em nome do Governo Português, proclamou a independência de Angola, transferindo a soberania de Portugal, não para um determinado movimento político mas sim para o “Povo Angolano”, de forma efectiva a partir de 11 de Novembro de 1975.
Foi assim que Portugal, após quase 500 anos de presença, durante os quais se foram cimentando amizades e caldeando culturas, com ingredientes que nada poderá destruir, entregou o território aos Angolanos.
O controlo de Angola estava dividido pelos três maiores grupos nacionalistas: o MPLA, a UNITA e a FNLA, pelo que a independência foi proclamada unilateralmente, pelos três movimentos.
O MPLA que controlava a capital, Luanda, proclamou a Independência da República Popular de Angola às 23:00 horas do dia 11 de Novembro de 1975, pela voz de Agostinho Neto dizendo, "diante de África e do mundo proclamo a Independência de Angola”, culminando assim o périplo independentista, iniciado no dia 4 de Fevereiro de 1961, com a luta de libertação nacional, estabelecendo o governo em Luanda com a Presidência entregue ao líder do movimento.
Holden Roberto, líder da FNLA, proclamava a Independência da República Popular e Democrática de Angola à meia-noite do dia 11 de Novembro, no Ambriz.
Nesse mesmo dia, a independência foi também proclamada em Nova Lisboa (Huambo), por Jonas Savimbi, líder da UNITA.

A independência de Angola é, ainda hoje em dia, motivo para várias teses explicativas e formulações históricas de sentido diverso. No âmbito dos “3 Ds”, a Descolonização dos chamados “territórios ultramarinos”, foi um dos processos mais dolorosos e marcantes da nossa história recente e marca de forma profunda a Revolução dos Cravos. Após as negociações encetadas entre o governo português e os movimentos nacionalistas das várias possessões portuguesas ( conforme constava do programa do MFA), as ex-colónias adquirem a sua independência. Infelizmente em casos como os de Angola e Moçambique, de forma pouco pacífica com o estalar de guerras civis entre os movimentos nacionalistas, mas também sem esquecer a angústia de centenas de milhares de refugiados portugueses ( conhecidos na altura por Retornados), que voltaram para Portugal, em situações bastante dramáticas ( de acordo com o Comissariado para os Desalojados criado na altura, retornaram cerca de 800.000 portugueses).
Para saberes mais, consulta os documentos disponíveis no Centro de Documentação 25 de Abril ( link no blogue)

domingo, 7 de novembro de 2010

Leituras em Dia...


No passado dia 6 de Novembro, este blogue recebeu uma visita de Bordéus (França). Uma das parcerias que estabelecemos para este ano foi com a Fundação Aristides Sousa Mendes ( link no blogue). Portugal não esquece o papel que o cônsul português teve durante os meses de 1940, particularmente após a queda de Paris nas mãos de Hitler. Aristides Sousa Mendes, completamente contra as indicações expressas do regime Salazarista, salvou 40000 refugiados judeus, das perseguições anti-semitas nazis.
A fim de lembrarmos este enorme contributo dado por Aristides Sousa Mendes e para que, os que queiram saber mais sobre estes acontecimentos, aconselhamos a leitura do livro de Avraham Milgram, " Portugal, Salazar e os Judeus". Esta obra, publicada pela Gradiva, em 2010, mostra o percurso dos Judeus perseguidos pelo Nazismo, em Portugal, durante a 2ª Guerra Mundial (1939/45). Verificamos, pela pesquisa histórica feita, que o regime português manteve uma relação dúbia composta de atitudes negativas e positivas, para com os refugiados judeus.
Uma obra a não perder.

Centenário... Actividades Souto S. Salvador


Da professora Anabela Lopes, da EB1 de Souto S. Salvador, recebemos um texto com a noticia de uma das actividades realizadas nesta escola, referente ás comemorações do Centenário da República.
A todos os que quiserem aceder a este documento, basta seguirem o link ( imagem).

A todos os que promoveram e participaram na iniciativa, o NE25A envia os mais sinceros parabéns.

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Centenário... Materiais


Da professora Isabel Alves recebemos esta sugestão de material para a compreensão da República ( Iª/IIª/IIIª República).
Editado pela " PrimeBooks",com textos de Luis Miguel Pereira e desenhos de Pedro Ribeiro Freitas e Ricardo Galvão, apresentamos as " Caretas da República".
Trata-se de uma forma,"... leve e arejada, colorida e despreocupada.",de contar a República, através da escolha de momentos e personagens marcantes para os diferentes períodos da República Portuguesa ( na opinião dos autores).
Chama-se a atenção de que, de forma assumida pelos autores, o período pós 25 de Abril é aquele que mereceu mais espaço nesta obra.

A não perder!

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Direitos Humanos!

No próximo dia 10 de Dezembro, celebra-se o "Dia da Declaração dos Direitos Humanos". Além de aconselharmos a ligação ao sitio da ONU ( consta dos nossos links favoritos), o NE25A vai proceder à publicação de uma série de materiais sobre a temática em questão. Esses materiais vão poder ser descarregados e utilizados por quem assim o desejar.

O primeiro material é um trabalho realizado por alunos da turma D, do 9º ano, da EB 2 e 3 de Briteiros, sob a orientação da Professora Nancy Leite, que pode ser descarregado seguindo o link ( imagem). Desde já agradecemos aos autores e à professora Nancy Leite, o envio deste trabalho. Todos aqueles que quiserem ver trabalhos sobre esta temática publicados neste blogue, enviem-nos com a necessária identificação, para o nosso e-mail.

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Centenário... EB1 de Fafião e JI de Briteiros Stº Estevão




Durante a semana de 22 de Setembro a 4 de Outubro, também os alunos, crianças e docentes da EB1 de Fafião e do JI de Briteiros Stº Estevão, comemoraram o Centenário da Instauração da República. Várias foram as actividades desenvolvidas: exploração de apresentações em ppw, construção de bandeiras através da reutilização de materiais, elaboração de uma faixa comemorativa, entoação do Hino Nacional, comemoração dos 100 anos da Republica com o
" Parabéns", apagando as velas do bolo e... saboreando-o.


A todos os que promoveram e participaram neste evento, o NE25A endereça os mais sinceros parabéns.


terça-feira, 26 de outubro de 2010

O Núcleo... na " NOESIS"

A revista "Noesis online", da Direcção Geral de Inovação e Desenvolvimento Curricular ( DGIDC), do Ministério da Educação, no espaço " Da Escola para a Escola", publicou um artigo sobre o Núcleo de Estudos 25 de Abril e as experiências/resultados do projecto, para o ano de 2009/10.

O artigo pode ser descarregado seguindo o link ( imagem), visitando o site da DGIDC.

Aos responsáveis da " Noesis", os elementos do NE25A agradecem a publicitação do projecto

domingo, 24 de outubro de 2010

65 anos Depois...





Em 24 de Outubro de 1945, na cidade de S. Francisco, é criada oficialmente a Organização das Nações Unidas (ONU). Foi criada com o objectivo de unir todos os países em prol da paz e da prosperidade, com base nos principios da igualdade, justiça e dignidade humana.

É formada hoje em dia por 192 estados-membros, sendo o seu secretário geral o coreano Ban Ki-Moon.

Para saberes mais sobre o ONU, tens o link neste blogue, ou então segue o link ( imagem) para descarregares um ficheiro PDF ( da autoría do professor Mário Rui), sobre esta organização.

sábado, 23 de outubro de 2010

Quem Somos... 2010/2011


“ A Liberdade é um Estilo de Vida”

O Núcleo de Estudos 25 de Abril, iniciou o seu 2º ano de vida.


Embora mantendo todos os objectivos que nortearam a nossa acção durante o ano de 2009/2010, principalmente continuando a contribuir para a plena formação cívica das nossas crianças e jovens, vamos durante este ano de 2010/2011, tentar expandir o nosso projecto para outros territórios educativos, apostando na criação de cada vez mais materiais pedagógicos ( de acesso/utilização livre) para todos aqueles que se interessam e preocupam com os valores da cidadania, em tempos de algum esquecimento dos mesmos.
Vários são os projectos que iremos desenvolver: desde a manutenção dos "Dias da Revolução", passando por projectos originais como " Os Trilhos da Liberdade", ou " Olhares da Liberdade", ou " Maleta Pedagógica", de todos eles iremos dando conta neste nosso espaço, contando com a colaboração crítica de todos aqueles que nos visitam.
Por ultimo apresentamos a equipa de trabalho para este ano ( para aceder ao documento siga o link - imagem). Crescemos em número, em perspectivas ( alunos/professores de vários níveis), em estabelecimentos, em parcerias ( sempre abertos a novas sugestões/parcerias de trabalho) e em obrigações.


Resta-nos, como outros fizeram, fazer "Cumprir o espírito de Abril".

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Centenário... EB1/JI de Serrado


A EB1/JI de Serrado levou a cabo na passada semana de 4 a 9 de Outubro, um conjunto de actividades com o objectivo de comemorarem o Centenário da Instauração da República em Portugal ( 5/10/1910 - 5/10/2010). Do conjunto de actividades efectuadas merecem destaque o lançamento dos 100 balões ( evocativo dos 100 anos da República) e o projecto " A História contada pelos mais velhos".
Brevemente contamos publicar imagens deste evento.

A todos quantos promoveram e participaram nesta iniciativa, o NE25A endereça os mais sinceros parabéns.

domingo, 17 de outubro de 2010

Leituras em Dia...



Aconselhamos hoje a leitura de um novo livro referente ao período entre o 25 de Abril de 1974 e o 25 de Novembro de 1975. Esta obra, editada pela " Guerra e Paz", pertencendo à colecção " O Passado e o Presente", é da autoría do Coronel Rodrigo Sousa e Castro.
"Capitão de Abril, Capitão de Novembro", é um relato sobre um dos períodos mais trubulentos da nossa história mais actual ( PREC). Chama-se a atenção para o prefácio da autoría do Professor Marcelo rebelo de Sousa e para a reflexão sobre o percurso do país com o título "Valeu a Pena!.

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Centenário... Materiais


Da professora Nancy Leite, recebemos esta aplicação " power point" relativa à instauração da República. Trata-se de uma das mais curiosas aplicações que nos chegaram ao Núcleo de Estudos. Foi realizada pelos professores bibliotecários Luis Contente e Carla Valente, da EB1 de Santa Maria - Beja, aos quais endereçamos os nossos parabéns.
Aconselhamos vivamente a sua utilização ( particularmente para camadas etárias mais jovens).
Para descarregar este material siga o link ( imagem).

O NE25A agradece a colaboração da professora Nancy.

terça-feira, 12 de outubro de 2010

Informação... Guimarães

O Historiador e Professor Fernando Rosas, vai proferir uma palestra subordinada ao tema " Porque venceu e porque se perdeu a Iª República". A iniciativa terá lugar na próxima quarta feira, dia 13 de Outubro, pelas 21.30h, no salão nobre do Círculo de Arte e Recreio ( CAR), em Guimarães.

A não perder!

domingo, 10 de outubro de 2010

Informação...


"...A Constituição de 1976, formalizando a fundação do novo regime de democracia liberal nascido da revolução dos Cravos de 25 de Abril de 1974,institucionalizou três níveis de poder político, juridicamente distintos e autónomos: o Estado, as Regiões Autónomas e o Poder Local
...O Poder Local nasceu sob o impulso de um forte movimento social, espontâneo e em muitos casos anárquico, de participação cívica e política contra o centralismo e em prol da autonomia local. Esta forte ligação entre a participação social e a autonomia local está na génese do nosso modelo de Poder Local e deve ser continuamente reforçada por ser um elemento que alimenta a afirmação do municipalismo na sua relação com o Estado... "
Fonte: ANMP
A ANAFRE ( Associação Nacional de Freguesias), leva a cabo entre os dias 11 a 17 de Outubro um conjunto de iniciativas para celebrar a " SEMANA EUROPEIA DA DEMOCRACIA LOCAL". Este evento coincide, este ano, com as celebrações dos 25 anos da publicação da "Carta Europeia da Democracia Local".
De entre as várias iniciativas chama-se a atenção para a que se realiza no Porto, no dia 16 de Outubro, no Palácio da Bolsa, com uma conferência subordinada ao tema "Caminhos do Poder Local".
Esta conferência, que se inicia pelas 9.30 horas, será moderada pelo Dr. Rogério Alves e contará com a participação dos deputados Francisco Assis, Miguel Macedo, Pedro Mota Soares, Pedro Soares e Jorge Machado.
Aconselhamos a participação a todos os que vivem na área do Porto.

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Século XXI... Direitos Humanos




"Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e em direitos. Dotados de razão e de consciência, devem agir uns para com os outros em espírito de fraternidade"

artigo 1º da Declaração Universal dos Direitos Humanos

O Comité Nobel Norueguês escolheu hoje, dia 8 de Outubro de 20100, o antigo professor universitário e crítico literário chinês, Liu Xiaobo, para o Prémio Nobel da Paz . Liu Xiaobo, de 54 anos, foi condenado por um tribunal chinês (Dezembro), a uma pena de 11 anos de cadeia por "tentativa de subversão do governo". Desde 1989, como participante nas manifestações da praça de Tianamen, é a terceira detenção que sofre.

Para saberes mais segue o "link" ( imagem).

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Centenário da Republica - Aconselhamos

Da professora Damiana Sousa, recebemos a seguinte informação:
no próximo dia 9 de Outubro pelas 21.45h, a "Oficina de Teatro da Escola Secundária da Póvoa de Lanhoso", vai levar à cena a peça " 100 anos - A República". A peça tem a encenação de Afonso Fonseca e será levada a cabo "Theatro Club" da Póvoa de Lanhoso.

A não perder.

Centenário... Ultima Hora!








Sabemos de fonte segura que hoje, dia 6 de Outubro de 2010, passam 100 anos sobre a saída da Família Real Portuguesa de território nacional.
Com efeito, acompanhado da sua esposa D. Augusta Vitória, da Rainha Mãe D. Amélia, de mais alguns nobres e criados, embarcou no iate " Amélia", na praia da Ericeira, tendo o navio zarpado para Gibraltar. Daqui, o "Amélia" seguiu para Londres tendo D.Manuel II sido recebido pelo Rei Jorge V.

Temos informações de que a Familia Real fixou residência em Fulwell Park, Twickenham, arredores de Londres.

Fonte: Portal do Centenário

terça-feira, 5 de outubro de 2010

Centenário... Ultima Hora

Uma Ideia com 100 Anos


video


Fonte: You Tube

Centenário... Ultima Hora






Faz hoje dia 5 de Outubro de 2010, 100 anos sobre a
a proclamação da República em Portugal.

" Às 9.00 horas Eusébio Leão, Inocêncio Camacho, José Relvas e outros dirigentes republicanos, entraram na Câmara Municipal de Lisboa, assomaram à varanda e dali proclamaram a República com discursos inflamados.
José Relvas afirmou:
- Unidos todos numa mesma aspiração ideal, o Povo, o Exército e a Armada acabou de, em Portugal, proclamar a Republica.
A multidão que enchia a Praça do Municipio aplaudiu e festejou a vitória Republicana. De seguida foram proclamados os membros do Governo Provisório:

Presidente, Teófilo Braga; Interior, António José de Almeida; Justiça, Afonso Costa; Finanças, Basílio Teles; Guerra, Correia Barreto; Marinha, Amaro de Azevedo Gomes; Obras Públicas, António Luís Gomes e Estrangeiros, Bernardino Machado."

Brevemente mais informações
Fonte: Portal do Centenário





segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Centenário... Ultima Hora!







Faz hoje, dia 4 de Outubro de 2010, 100 anos sobre as operações militares em Lisboa, que conduziram à Instauração da República.

De acordo com fonte segura, " ... após a sublevação dos principais quarteis de marinheiros, de navios de guerra fundeados no Tejo e de 2 unidades do exército ( Artilharia 1 e Infantaria 16), apoiados por Carbonários, os revolucionários juntam-se no Largo Carmo e dali tentam avançar para o Quartel do Carmo, mas verificam que não têm forças suficientes para prosseguir o plano e decidem concentrar-se na Rotunda, onde se barricam sob o comando do comissário naval, Machado dos Santos. O almirante Cândido dos Reis, desesperado com o ( possível) fracasso da revolução, suicida-se.
A mãe de D.Manuel II, rainha D.ª Amélia, e a avó, rainha D.ª Maria Pia, que se encontravam no Palácio da Pena, em Sintra, decidem ir para Mafra juntar-se ao Rei.
Muitos republicanos, civis e militares, decidem juntar-se ao grupo barricado na Rotunda, levando consigo armas e munições. As tropas monárquicas de Paiva Couceiro abrem fogo sobre os republicanos barricados na Rotunda.

Brevemente mais informações sobre a situação.

Fonte: " Portal do Centenário"

Centenário da República... Comemorações









A EB1/JI de Barco do Agrupamento Vertical de Escolas de Briteiros, realizou hoje uma série de iniciativas alusivas às comemorações do Centenário da República. Neste espaço damos mostra de alguns dos trabalhos realizados, chamando a atenção para o bolo do centenário e para os exemplares da bandeira nacional.
Parabéns a todos os que promoveram e participaram nesta iniciativa.