quinta-feira, 31 de março de 2011

Faltam 4 dias ... Vasco Lourenço!

A 4 dias do inicio dos " Dias da Revolução", publicamos o folheto alusivo à palestra que o Coronel Vasco Lourenço ( Presidente da Direcção da A25A), vai proferir no próximo dia 5 de Abril ( link na imagem).

Vasco Lourenço estará presente na EB 2/3 de Briteiros ( 12.00h) e na ESCT ( 15.00h), onde conversará com alunos e convidados sobre " Como foi a Revolução".

terça-feira, 29 de março de 2011

Souto Moura!

58 anos, natural do Porto, licenciado pela Escola Superior de Belas Artes ( Porto), inicia a sua carreira em 1974 colaborando com Álvaro Siza Vieira. Faz parte da chamada " Escola do Porto" e acaba de ganhar aquele que é considerado o " Nobel da Arquitectura" - o prémio Pritzker 2011.

Falamos do arquitecto Eduardo Souto Moura.

Para saberes mais sobre este português e a sua obra, segue o link ( imagem).

domingo, 27 de março de 2011

Para todos... mas lembrando as gerações de 50/60/70!


Dos livros de leitura às Bd e colecções de cromos, passando pelos brinquedos, pelas revistas que as nossas mães liam, os anúncios publicitários, até aos primeiros computadores... uma visão para os mais novos, das gerações de 60 e 70.

Trata-se de uma proposta enviada pela professora Damiana Sousa, a quem agradecemos.


Siga o link ( imagem), para descarregar este "ppw".

quinta-feira, 24 de março de 2011

Dias da revolução 2011!





Informamos todos aqueles que nos seguem, que o projecto " Olhares em Liberdade", faz parte da programação oficial dos " Banhos Velhos", Caldas das Taipas, para os meses de Abril e Maio.

Aos responsáveis das " Taipas Turitermas" e dos " Banhos Velhos", agradecemos esta possibilidade de alargarmos os nossos projectos.

Para conhecer toda a programação para os meses de Abril e Maio deste espaço, siga o " link" ( 1ª imagem).

terça-feira, 22 de março de 2011

Dias da Revolução 2011... a 13 dias de distância!



Uma das novas propostas inseridas nos " Dias da Revolução", é o sarau cultural " Noite de Abril". Realiza-se no dia 8 de Abril, no auditório do AVEPARK e vamos contar com as participações do Grupo de Teatro e Musica da EB 2/3 de Briteiros, com o Grupo de Guitarras da Puerpolis, com a participação da "BandaMat"(Movimento Artistico das Taipas), do Grupo" Democradita" ( Escola Secundária de Caldas das Taipas) e com o grupo "OsMusiké".

Contaremos, de entre os diversos convidados, com o Coronel Otelo Saraiva de Carvalho.

A não perder.

sábado, 19 de março de 2011

Faltam 15 dias... " Dias da Revolução 2011"



A duas semanas do inicio dos " Dias da Revolução", aconselhamos a visita a uma das nossas apostas para este ano.
Trata-se do projecto artistico " OLHARES EM LIBERDADE". Convidamos um conjunto de amigos/colaboradores do NE25A, de variadas áreas profissionais, que se prestaram a mostrar o que pensam, sentem, acham, sobre a Liberdade nestes dias do século XXI.
Esta mostra (brevemente publicaremos o respectivo folheto), estará exposta na sede da ACIG ( Guimarães), transitando para o espaço dos "Banhos Velhos" ( Caldelas), da responsabilidade da Taipas Turitermas, terminando o seu périplo na EB 2/3 de Briteiros.
A não perder!

quinta-feira, 17 de março de 2011

Faltam 17 dias! Novos Materiais!

Lembramos que já só faltam 17 dias para iniciarmos a operação

" Dias da Revolução 2011".

Aproveitamos para publicar mais uma das BD desenvolvidas por alunos da EB 2/3 de Briteiros: neste caso a autora é a Diana, do 8.º ano, turma B e mais uma vez, com o apoio da professora Rita Carneiro.

Se seguirem o link ( BD), terão acesso a um esquema conceptual sobre o tema " Portugal: do Autoritarismo à Democracia", utilizado para o tratamento deste tema do 9. ano.

Os nossos parabéns à Diana e à professora Rita Carneiro.

quarta-feira, 16 de março de 2011

A Revolta das Caldas da Rainha... 16 de Março de 1974!

video


«Na madrugada de sexta-feira para sábado, alguns oficiais em serviço no Regimento de Infantaria 5, aquartelado nas Caldas da Rainha, capitaneados por outros que nele se introduziram, insubordinaram-se, prendendo o comandante, o segundo comandante e três majores e fazendo em seguida sair uma Companhia auto transportada que tomou a direcção de Lisboa.
O Governo tinha já conhecimento de que se preparava um movimento de características e finalidades mal definidas, e fácil foi verificar que as tentativas realizadas por alguns elementos para sublevar outras Unidades não tinham tido êxito.
Para interceptar a marcha da coluna vinda das Caldas foram imediatamente colocadas à entrada de Lisboa forças de Artilharia 1, de Cavalaria 7 e da GNR. Ao chegar perto do local onde estas forças estavam dispostas e verificando que na cidade não tinha qualquer apoio, a coluna rebelde inverteu a marcha e regressou ao quartel das Caldas da Rainha, que foi imediatamente cercado por Unidades da Região Militar de Tomar. Após terem recebido a intimação para se entregarem, os oficiais insubordinados renderam-se sem resistência, tendo imediatamente o quartel sido ocupado pelas forças fiéis, e restabelecendo-se logo o comando legítimo.
Reina a ordem em todo o País».(Nota oficial, publicada na imprensa, na qual o regime Fascista anunciava a sua vitória sobre a falhada tentativa de golpe).


Terminava assim a Revolta das Caldas da Raínha, efectuada a 16 de Março de 1974.
Sobre esta revolta subsistem algumas contradições: Fernando Rosas considera que “ … foi a
maneira da generalidade das unidades militares demonstrarem a sua repulsa contra a
submissão das Forças Armadas simbolizada pela cerimónia de 14 de Março em que a chamada “Brigada do Reumático” foi jurar fidelidade ao regime”; por seu lado, o coronel Vasco Lourenço ( Coordenadora do MFA) considera que o 16 de Março foi feito "dentro do movimento", com o "total" envolvimento de Otelo Saraiva de Carvalho, apoiado em alguns oficiais da ala spinolista”.

Cerca de 200 militares do RI 5 foram presos, tendo muitos deles sido libertados somente a 27 de Abril de 1974.
Reveja/Veja agora, a “ Conversa em Família” efectuada pelo Presidente do Conselho de Ministros da altura ( professor Marcello Caetano), sobre a “Revolta das Caldas”.

terça-feira, 15 de março de 2011

15 de Março... Para Angola e em força!


Através do link ( imagem), veja um vídeo onde se pode verificar o 15 de Março de 1961 ( ataque da UPA no norte de Angola) e que simboliza o inicio da Guerra Colonial.

Ulitma hora... Dias da Revolução 2011


Lamentamos informar que, por questões de agenda política do respectivo circulo eleitoral, a deputada Maria José Nogueira Pinto, nos informou da impossibilidade de estar presente na palestra a realizar no dia 4 de Abril (Mulheres em Abril).
O NE25A já convidou uma nova personalidade ( da mesma área política), aguardando agora a respectiva confirmação.
Agradecemos à deputada Maria José Nogueira Pinto, a atenção com que sempre brindou este Núcleo.
Mais informações brevemente.

domingo, 13 de março de 2011

Nova BD... e faltam 22 dias!

Nova BD.
Da responsabilidade da Bárbara Silva, da turma A, do 8.º Ano, da EB 2/3 de Briteiros e com a orientação da Professora Rita Carneiro. Uma nova visão de Abril.

Se tem materiais feitos por alunos e que gostava de divulgar, envie-nos para o nosso e-mail.

Parabéns à Bárbara Silva e à professora Rita Carneiro.

sexta-feira, 11 de março de 2011

11-M... 7 anos após!



Os atentados de quinta-feira, 11 de Março de 2004, também conhecidos como 11-M, foram uma série de ataques terroristas cometidos em quatro comboios da rede ferroviária de Madrid, capital da Espanha.
Tratou-se do mais grave atentado cometido em Espanha até hoje, com 10 explosões praticamente em simultâneo em quatro comboios na hora de ponta da manhã. As bombas estavam no interior de mochilas carregadas com TNT. As explosões ocorreram entre as 7:39 e as 7:42 da manhã nas estações de Atocha (3 bombas), El Pozo (2 bombas), Santa Eugenia (1 bomba) e num comboio a caminho de Atocha (4 bombas).
Morreram 191 pessoas e mais de 1.700 ficaram feridas.
O comando terrorista foi encontrado e cercado pela polícia espanhola poucas semanas depois em Leganês. Os seus membros fizeram explodir o apartamento em que se tinham entrincheirado, quando os GEO iniciaram o assalto, suicidando-se. Nesta acção morreram todos os membros presentes da célula terrorista e um agente do GEO.
Em 31 de Outubro de 2007 foi conhecida a sentença a aplicar aos membros sobreviventes da célula terrorista. Um dos autores materiais, Jamal Zougam, respondeu por 191 homicídios e 1856 tentativas de homicídio, e foi condenado a 30 anos de prisão por cada um dos homicídios e 20 por cada uma das tentativas, e ainda a 12 anos de prisão por associação criminosa. A mesma sentença foi aplicada a Otman el Gnaoui. Ambos recebem assim um máximo acumulado de 30 anos, segundo a lei espanhola. Outros membros foram condenados a penas menores.
O indivíduo tido como principal suspeito — Rabei Osman, de alcunha O Egípcio — foi declarado inocente por insuficiência de provas.

36 anos depois... 11 de Março de 1975!




Há 36 anos, após meses de tensão, Portugal viveu uma nova tentativa de golpe de Estado.
Ainda hoje o 11 de Março de 1975, é alvo de inúmera polémica: aqueles que o consideram como um golpe preparado pelas forças afectas ao General Spínola e que após o fracasso da manifestação da “Maioria Silenciosa”, sentem o país a guinarem à esquerda; aqueles que dizem que o golpe não passou de uma manobra provocada por forças de esquerda, tendentes a eliminarem o perigo de um movimento contra-revolucionário, que criasse em Portugal as condições necessárias para uma viragem à direita.
Entre o 28 de Setembro de 1974 e o 11 de Março de 1975,vemos Portugal e o MFA divididos em 2 correntes: a que lutavam pela criação de uma sociedade democrática de base parlamentar e a que pugnava pela revolução socialista de base popular, sob a alçada dos militares
No início de Março de 1975, circulou por todo o país o boato de que o Partido Comunista Português e os militares mais radicais do COPCON e da 5ª Divisão, iriam proceder à eliminação de dezenas de militares e civis de direita, cujos nomes constavam duma lista tornada famosa: a “matança da Páscoa”.Com base nestas informações (lembramos que em 2010 aquando da sua presença em Briteiros, Otelo Saraiva de Carvalho disse desconhecer a existência dessa lista), militares afectos ao general Spínola, no dia 11 de Março de 1975, levaram a efeito uma tentativa de golpe de estado. No entanto, o movimento desencadeado por tropas pára-quedistas ficou-se pelo ataque ao RAL1, donde resultou uma vítima mortal e doze feridos, dos quais dois eram civis. No seguimento dos acontecimentos do 11 de Março, Spínola e os oficiais implicados no golpe foram demitidos e fugiram para Espanha, deixando o caminho aberto aos sectores mais radicais do MFA. A Junta de Salvação Nacional e o Conselho de Estado foram substituídos pelo Conselho da Revolução, que se manteve como órgão de soberania até 1982. Foram então decretadas as nacionalizações da banca e dos seguros.


O IV Governo Provisório ( liderado pelo Coronel Vasco Gonçalves), entretanto constituído, continuou os saneamentos, as nacionalizações e legislou no sentido da reforma agrária.




quinta-feira, 10 de março de 2011

Faltam 24 dias... Programa dos " Dias da Revolução" 2011


Faltam 24 dias para o inicio dos " Dias da Revolução".
Tentamos que o programa dos " Dias da Revolução", fosse bastante variado quer a nível dos intervenientes, quer a nível das actividades a desenvolver e a nível dos espaços a utilizar.
Teremos o prazer de conversar com personalidades com as deputadas Helena Pinto ( BE) e Maria José Nogueira Pinto ( PSD), com a vereadora da Educação da Câmara Municipal de Guimarães, Drª Francisca Abreu, com a Drª Conceição Rios ( com um percurso extremamente interessante a nível das vivências de Abril de 74), com aquele que é considerado o principal mentor e organizador do MFA ( Coronel Vasco Lourenço), ouvir as palavras sobre a Igreja e o 25 de Abril, proferidas por D. Jorge Ortiga ( Arcebispo Primaz de Braga) e rever a dinâmica e a motivação do Coronel Otelo Saraiva de Carvalho. Tudo isto a par de iniciativas inovadoras como a exposição de artes plásticas " Olhares em Liberdade" e o sarau cultural " Noite de Abril".
Brevemente mais informações.

Para aceder ao programa completo, siga o link ( imagem).

domingo, 6 de março de 2011

Nova BD e... Faltam 29 dias!



Vamos aproveitar o lançamento da 4ª banda desenhada, esta criada pel0 Marco Antunes do 8º D ( apoio da professora Rita Carneiro), para recordar que faltam 29 dias.
A partir de 4 de Abril e até 4 de Maio... mantenha-se atento ás novidades que irão surgir durante a próxima semana.
Parabéns dos elementos do NE25A, ao Marco e à professora Rita Carneiro.

sexta-feira, 4 de março de 2011

Lembramos... 10 anos depois!

As primeiras noticias surgiram nos relatos informativos da SIC- Notícias (inaugurado pouco tempo antes). Eram noticias, ainda não confirmadas ( 22.30h), da queda de uma ponte em Entre-os Rios ( Ponte Hintze Ribeiro).
O espanto foi enorme e a consternação profunda. Com o colapso de alguns dos pilares desta ponte centenária, um autocarro e 3 automóveis ligeiros, mergulharam nas águas do rio Douro.
59 pessoas pereceram nesta tragédia, ocorrida a 4 de Março de 2001. Somente foram resgatados 23 corpos.
Em resultado deste acidente o Ministério Público abriu um processo que já foi julgado e onde ninguém foi considerado culpado por esta tragédia ( 6 arguidos ).
Foi um dos poucos casos em que um dirigente político português se demitiu do seu cargo em razão da assunção da responsabilidade política da ocorrência ( ministro Jorge Coelho).

quarta-feira, 2 de março de 2011

Banda Desenhada... 2011!



Nova Banda Desenhada.

A Carina do 8º D, com o apoio da professora Rita Carneiro, mostra-nos a sua visão de Abril.

Parabéns Carina!