sexta-feira, 28 de setembro de 2012

A Maioria Silenciosa... 28 de Setembro de 1974 e o inicio do PREC

             

A evolução do processo político após o 25 de Abril de 1974, rapidamente originou divisões entre as diferentes personagens, em particular entre a esquerda revolucionária que pretendia um processo de transformações sociais mais profundas e os sectores mais conservadores e, entre o movimento de capitães (MFA) e o General António de Spínola. Nos meses que se seguiram à restauração da democracia, esses sinais de conflitualidade tornaram-se cada vez mais indisfarçáveis.
28 de Setembro foi a data acordada para a manifestação da "Maioria Silenciosa" que tinha por alvo o reforço da posição do Presidente da República António de Spínola e que era apoiada por franjas da direita portuguesa ( relembramos os casos de partidos como o Partido do Progresso e o Partido Liberal).
Os cartazes de apelo à manifestação da maioria silenciosa invadiram Lisboa, mas eram prontamente destruídos por militantes de esquerda (exemplo da 1ª imagem deste artigo)
Dada a autorização para a realização da manifestação, o governo fez saber a sua discórdia relativamente ao seu objectivo e o COPCON (comandado por Otelo Saraiva de Carvalho), preparou uma operação que incluía a prisão de membros ligados à manobra da maioria silenciosa. Surgiram apelos das forças de esquerda para que os seus militantes montassem barricadas nas entradas de Lisboa (o que sucedeu também noutras partes do país - ver a 2ª imagem deste artigo). O plano da manifestação abortou e o evento acabou por não se realizar. No entanto, o distanciamento entre o Presidente da República e o MFA era cada vez mais acentuado, sobretudo depois de Vasco Gonçalves ter sucedido a Palma Carlos (primeiro ministro). A ruptura parecia inevitável e consumou-se a 30 de Setembro, quando Spínola discursa à nação, denuncia as manobras dos sectores da esquerda e demitindo-se de seguida.
Costa Gomes ocupou o lugar deixado vago pela abdicação de Spínola e, fazendo jus à sua personalidade meticulosa, declara que aqueles que planeiam a longo prazo não têm necessidade de se preocupar com os apoios mas com a forma de agir.
Estas ocorrências, estão inscritas na história do PREC (Processo Revolucionário Em Curso) pela esquerda, como manobras reaccionárias para desvirtuar os objectivos económicos e sociais do 25 de Abril, originaram uma radicalização desse mesmo processo, uma "viragem à esquerda" que se iria acentuar em 11 de Março de 1975

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Leituras em Dia... " Verão Quente"

Mais uma proposta da professora Isabel Alves, membro do NE25A. 
Trata-se da obra "Verão Quente", da autoria de Domingos Amaral, publicada pela Casa das Letras. São 300 páginas que nos transportam para um crime cometido em 1975, no auge do processo revolucionário que quase provocou uma guerra civil em Portugal e que acaba 28 anos depois (2003), com as recordações do crime a surgirem a uma das personagens (Julieta).

Uma obra que já alcançou alguma polemica em virtude de algumas descrições da época (e de personagens) feitas pelo autor, mas que aconselhamos.

sábado, 22 de setembro de 2012

Tempo para Renascer... a 22 de Setembro de 2012



Assinala-se hoje, mais uma etapa de mudança no ciclo  de programação  da CEC 2012: é agora o "Tempo para Renascer".
No Campo de S. Mamede, a partir das 22.00 horas, os catalães "Los Fura dels Baus", encenam um novo espectáculo de rua.
Durante o dia 22 de Setembro realce também para  o evento solidário "Urban Deep Project", para a conferência "Nomadismo e Disseminação" ( Fábrica ASA), a inauguração da instalação "Refraction ( you)", a G Session (vários Dj's convidados) e no palco do  café concerto do CCVF a actuação de Meg Baird.



Para saberes mais, acede ao site da CEC 2012 (barra lateral dos favoritos ou link na imagem).

terça-feira, 18 de setembro de 2012



“ A Liberdade é um Estilo de Vida”

O Núcleo de Estudos 25 de Abril, iniciou o seu 4º ano de vida.




Mantemos todos os objectivos que nortearam a nossa acção desde o ano de 2009/2010; queremos continuar a contribuir para a plena formação cívica das nossas crianças e jovens; pretendemos continuar a expandir o nosso projecto para outros territórios educativos; queremos cada vez mais, envolver as comunidades no nosso trabalho.
Este ano, o NE25A entra numa nova fase, diferente, da sua vida. Tentaremos sempre que estas alterações não signifiquem uma menor qualidade e abrangência na nossa acção; para tal contamos consigo. Temos já a garantia da manutenção do apoio de alguns daqueles que estiveram connosco desde a primeira hora ( a começar pela Associação 25 de Abril que pela voz do Coronel Vasco Lourenço, já nos manifestou a sua disponibilidade para colaborar com o NE25A).
Quanto à equipa de trabalho do NE25A ela é constituída pelos seguintes elementos : Júlio Borges, Lucinda Palhares, Damiana Sousa, Isabel Fonseca, Isabel Alves, Armanda Gomes, Isabel Marques, Américo Costa e Amadeu Faria. Tal como sempre afirmamos, esperamos por si neste projecto.
Brevemente iremos lançar a nossa primeira actividade para este ciclo, esperando que ela seja bem acolhida.


Resta-nos, como outros fizeram, fazer "Cumprir o espírito de Abril"

sábado, 15 de setembro de 2012

Um inicio diferente do ano lectivo... Orquestra Fundação

Image and video hosting by TinyPic

Na passada quinta feira dia 13 de Setembro,150 alunos do Agrupamento de Escolas de Briteiros tiveram um inicio diferente de ano lectivo. Com efeito, numa organização conjunta do NE25A, do serviço educativo da CEC2012, da " Orquestra Fundação" e com o apoio das Juntas de Freguesia de Barco, Stº Estevão de Briteiros, Stª Leocádia, S. Salvador de Briteiros, Souto Stª Maria, Souto S. Salvador e Gondomar, foi possível que os alunos das turmas de 8º ano e 9º A, da EB 2/3 de Briteiros e das turmas de 3º/4º ano das EB1 de Stª Leocádia e de Barco ( acompanhados por docentes das escolas envolvidas), assistissem ao ensaio da "Orquestra Fundação", dirigida pelo maestro Miguel Graça Moura
Tratou-se de uma oportunidade de, na maior parte dos casos, verem em acção uma orquestra sinfónica, pela primeira vez e tomarem contacto com realidades musicais e artísticas mais complexas.

A todos quantos tornaram possível esta actividade, os agradecimentos do NE25A.

terça-feira, 11 de setembro de 2012

11 de Setembro: Portugal /EUA


video

Passam hoje 27 anos sobre o onze de Setembro de 1985. Nesse dia o comboio Sud-Express com destino a Paris,chocou em Alcafache, com o comboio Regional que seguia para Coimbra. Muitos passageiros, sobretudo emigrantes, morreram carbonizados. Ainda hoje, é considerado o pior acidente ferroviário em Portugal. 
Entre os 460 passageiros que viajavam nos dois comboios sinistrados foram confirmados 49 mortos, embora apenas tenha sido possível reconhecer 14. E 64 passageiros continuam dados como desaparecidos. Ao todo estão confirmadas para cima de uma centena de vítimas. Dados mais recentes, apontam para uma estimativa entre as 120 e 150 vítimas mortais

video


Também hoje lembramos o 11º aniversário sobre um dos momentos mais marcantes da História do século XXI e do chamado " Mundo Global".
Os ataques terroristas de 11 de Setembro de 2001, chamados também de atentados de 11/09, foram uma série de ataques suicidas coordenados pela al-Qaeda aos Estados Unidos. Nesse dia, 19 terroristas da al-Qaeda sequestraram quatro aviões comerciais de passageiros. Os sequestradores intencionalmente colidiram com dois dos aviões contra as Torres Gémeas do World Trade Center em Nova Iorque, símbolo do capitalismo, matando todos a bordo e muitos dos que trabalhavam nos edifícios. Ambos os edifícios ruiram em duas horas, destruindo prédios vizinhos e causando outros danos. Um terceiro avião de passageiros colidiu contra o Pentágono, centro das FA Norte Americanas e um quarto avião caiu num campo próximo de Shanksville, na Pensilvânia, depois de alguns dos passageiros e tripulantes tentarem retomar o controlo do avião, que os sequestradores tinham reencaminhado para Washington.O número total de mortos nos ataques foi 2 996 pessoas, incluindo os 19 sequestradores. A esmagadora maioria das vítimas eram civis, incluindo cidadãos de mais de 70 países.Os Estados Unidos responderam aos ataques com o lançamento da chamada “Guerra ao Terror”: o país invadiu o Afeganistão para derrubar o regime Taliban, apoiante da “Al- Qaeda” e de Bin-Laden ( eliminado no Paquistão em 1 de Maio de 2011 por tropas especiais dos EUA) .

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Constituição da República Portuguesa

Tanto se fala dela:  constitucional/inconstitucional...?
Conheces a Constituição da República Portuguesa, que entrou em vigor a 25 de Abril de 1976?

Segue o "link" (imagem).

Feira Afonsina 2012



Numa parceria entre a CEC 2012 e a Câmara Municipal de Guimarães, realiza-se, entre os dias 14 e 16 de Setembro, a segunda edição da FEIRA AFONSINA. Neste evento, todos são convidados a viajar até ás memórias das origens da nacionalidade.

Se queres saber mais, segue o "link" (imagem).


quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Nação, Nacionalismos e Identidades Nacionais


Organizado pela A.P.H (Associação de Professores de História), realiza-se no auditório da Universidade do Minho - Guimarães, nos próximos dias 5 e 6 de Outubro, o Congresso Anual subordinado ao tema  Nação, Nacionalismos e Identidades Nacionais.

Para teres acesso ao programa e respectiva ficha de inscrição, visita o site da APH ( barra lateral de " Aconselhamos...).

segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Voltamos...

... é certo!

O Núcleo de Estudos 25 de Abril ( NE25A), vai entrar no seu quarto ano de vida; modificando a sua estrutura, mas mantendo inalteráveis os seus valores, princípios e públicos. Este será um ano de experiências, de novos desafios que se levantam para este projecto e de afirmação perante o trabalho que efectuamos.
Brevemente iremos lançar o nosso plano de actividades para este ano, agradecendo a todos aqueles que já manifestaram a vontade de connosco continuarem a desenvolver este espaço de democracia e de cidadania (aproveitamos para desde já o convidar a juntar-se a este grupo de trabalho).