segunda-feira, 30 de julho de 2012

Leituras em Dia...

Do professor Júlio Borges, membro do NE25A, recebemos estas 2 propostas de leituras referentes às questões da Matemática.


A primeira proposta, editado pelo " Clube do Autor",   é da autoria de José Paulo Viana e intitula-se " Uma Vida Sem Problemas - A Matemática nos desafios do dia a dia".  Nas duas partes que constituem esta obra, o autor pretende ajudar a descobrir a Matemática escondida em muitos fenómenos naturais ou sociais e que  permite entendê-los, interpretá-los, prevê-los e controlá-los. 
Apresenta 50 desafios propostos no jornal Público, com as respectivas soluções.



A segunda proposta, editada pela Fundação Francisco Manuel dos Santos, autoria de Jorge Buescu tem por titulo “A Matemática em Portugal, uma questão de educação”.

Neste livro, Jorge Buescu parte de uma análise de alguns momentos históricos particularmente relevantes para a matemática em Portugal para demonstrar que a debilidade do ensino das ciências no nosso país tem sido o principal entrave ao sucesso luso no panorama matemático e científico.


sexta-feira, 27 de julho de 2012

Avaliação: desde as agências de rating aos exames no sistema de ensino

Publicamos hoje, um pequeno excerto das intervenções dos Professores Doutores Pedro Bacelar de Vasconcelos e Almerindo Janela Afonso no seminário " Cidadanias". Neste pequeno excerto a questão da avaliação é comentada e analisada ( desde a necessidade dos exames ao papel das agências de notificação financeira).
Na impossibilidade técnica de colocarmos em formato do bloger o video, segue o "link" (imagem) para o veres no canal " YouTube" do NE25A.



segunda-feira, 23 de julho de 2012

Memória de Helena Cidade Moura e Pedro Ramos de Almeida



Helena Cidade Moura, responsável pela maior campanha de alfabetização organizada em Portugal no pós-25 de Abril, faleceu na sexta-feira, aos 88 anos.
Tendo sido uma das mais importantes oposicionistas ao Estado Novo, foi presidente do Centro Nacional de Cultura em 1961, subscreveu manifestos importantes como por exemplo, um longo texto de 101 católicos, em 1965, e todos os protestos contra o encerramento da cooperativa Pragma, em 1967. Acompanhou mais de 400 cursos de alfabetização após a Revolução dos Cravos, foi deputada na Iª, IIª e IIIª legislaturas, à Assembleia da República, dirigente do MDP/CDE e activista da “Civitas”, tendo uma vida dedicada à batalha pela literacia e pela liberdade.  
Publicou várias obras, das quais destacamos o “Manual da Alfabetização”.





 No dia 22 de Julho, faleceu o antifascista e antigo dirigente do PCP, Pedro Ramos de Almeida.
Da luta travada por Ramos de Almeida, deixamos o depoimento de Virgínia Moura sobre a prisão em 1954 de dezenas de jovens do MUD: “Usou-se e abusou-se da violência, batendo em alguns, obrigando outros a fazer estátua durante dias consecutivos, longos períodos de incomunicabilidade, enclausuramento em segredos, internamentos no Conde Ferreira (hospital psiquiátrico de então, no Porto), transferência de jovens para Caxias, e muito concretamente, entre outros, foram vítimas de violência os arguidos Pedro Ramos de Almeida (22 anos, estudante de Direito de Lisboa), sete dias e sete noites sem dormir e dois (leia-se quatro) meses de segredo”.
Condenado a quatro anos de prisão, Pedro Ramos de Almeida fugirá do Forte de Peniche em 1961. Partiu depois para o exílio. Em 1962 viveu em Praga, como dirigente do PCP, representando o partido junto de revistas internacionais dos partidos comunistas. Muda-se, depois, para Argel, ao serviço do PCP, onde ficará cinco anos, dirigindo a rádio Voz da Liberdade, uma emissora de combate à ditadura que emitia para Lisboa a partir de Argel.
Regressa a Portugal em 1971 depois de ter obtido a garantia, através do seu padrasto Fernando Abranches Ferrão, de que não haveria processos contra ele.
Começa a militar na CDE e quando chegou o 25 de Abril tornou-se militante do MDP-CDE, de que foi dirigente. Entre os muitos livros que escreveu, destacam-se a "História do Colonialismo Português" e o "Dicionário Político de Mário Soares". 

sexta-feira, 20 de julho de 2012

Morreu o Historiador José Hermano Saraiva

video

Morreu o historiador e comunicador José Hermano Saraiva.

Nascido em Leiria a 3 de Outubro de 1919, José Hermano Saraiva licencia-se pela Universidade de Lisboa em Ciências Histórico Filosóficas e em Ciências Jurídicas. Envolve-se na política durante o período fascista do " Estado Novo", onde ocupa lugares como deputado da Assembleia Nacional, procurador à Câmara Corporativa e Ministro da Educação. É neste cargo que enfrenta uma das mais duras batalhas do regime fascista, com a " Crise Académica de 1969".
Com o 25 de Abril de 1974, torna-se o grande comunicador e grande divulgador da História e da Cultura Portuguesas. Programas televisivos como " Gente de Paz", " Horizontes da Memória" e " O tempo e a  Alma" e " A Alma e a Gente", contribuíram para a popularização da História de Portugal e para mostra José Hermano Saraiva com uma forma muito própria e peculiar de comunicar e ver a História ( a sua visão da História foi diversas vezes criticada pelos meios académicos).

Para mais informações, segue o link (Aqui)

Informação NE25A

Como todos os anos, o NE25A vai fazer uma pequena pausa. Esta servirá para reflectirmos, questionarmos e pensarmos, este projecto que tem por bandeiras a Liberdade e a Democracia.
Contamos voltar com novas ideias, novas actividades que  nos ajudem a manter este espaço que se quer de Democracia e de Cidadania, com todos aqueles que connosco quiserem colaborar e ajudar.
Até lá, continuaremos a manter rubricas como o " Aconselhamos" e " Informação"

Não se esqueça: se quiser colaborar connosco envie-nos materiais, críticas, opiniões, sugestões para  "ne25abril@gmail.com"

domingo, 15 de julho de 2012

Leituras em Dia... " África Eterna"


Editado pela " Oficina do Livro", com base nos textos publicados na " Noticias Magazine" ( suplemento do JN), durante ano e meio, surge " África Eterna". Segundo Catarina Carvalho,directora executiva da Notícias Magazine, "Este não é um livro sobre África. É um livro sobre uma África...Esta é a África quotidiana, das pequenas coisas, dos cheiros e das historietas de quem lá viveu.» E que voltou, num dos maiores movimentos de refugiados alguma vez contabilizados no globo. Os retornados foram, provavelmente, uma das maiores revoluções culturais que Portugal viveu em toda a sua história. Durante dois anos, essencialmente, dois milhões aterraram em Lisboa com uma mão à frente, outra atrás e o cacimbo na memória."...Trouxeram de outro continente comportamentos abertos, ombros leves, quizombas em vez de fados..."
"ÁFRICA ETERNA" reúne 50 das  histórias de vida de famílias que habitaram os mais distantes lugares do Ultramar português - de Luanda a São Tomé, de Bissau a Sá da Bandeira, de Lourenço Marques a Benguela. 


A não perder!

quinta-feira, 12 de julho de 2012

A CEC 2012 no " Cidadanias"

Breve excerto da intervenção da vereadora da Câmara Municipal de Guimarães, Dr.ª Francisca Abreu, no seminário "Cidadanias" organizado pelo NE25A,sobre  a CEC 2012.

video

terça-feira, 10 de julho de 2012

Aconselhamos... Festa da Fraternidade!


Numa iniciativa da comissão de freguesia  de Caldelas do PCP, realiza-se nos próximos dias 14 e 15 de Julho, nas Caldas das Taipas, a Festa da Fraternidade.
Nesta iniciativa chamamos atenção para a vertente cultural/artística, em especial para o espectáculo protagonizado pelo MAT (Movimento Artístico das Taipas), no seguimento do espectáculo "Vozes em Liberdade". 

Este espectáculo realiza-se no sábado, 14 de Julho, pelas 23.00h, no antigo mercado das Taipas.
Para mais informações, segue o "link" ( imagem).

segunda-feira, 9 de julho de 2012

sexta-feira, 6 de julho de 2012

Aconselhamos... CEC 2012


" Tem música ao vivo dos Dead Combo, a participação da comunidade vimaranense e presta homenagem à tradição das festas e romarias do Norte do país – o Arraial é um espetáculo de teatro, dança e música que acontece hoje e amanhã, a partir das 22h00, no Campo de Jogos de Donim. A entrada é livre! À mesma hora, mas na Caixa Negra da Fábrica ASA, conjugam-se os paradoxos que coabitam em cada um de nós. Problema Técnico é o nome deste espetáculo de dança contemporânea. Também esta sexta-feira, 120 crianças e sete cantores vão estar no palco do CCVF para apresentar L’Enfant et les sortilèges, obra composta em 1925 por Maurice Ravel. São acompanhados pela Fundação Orquestra Estúdio, hoje dirigida pelo Maestro Vítor Matos. Esta noite temos ainda teatro, com as peças Juiz da Beira e aFarsa de Inês Pereira, e cinema. Paris Desperta, de Olivier Assayas, é uma das curtas do Festival de Vila do Conde que passa em Guimarães. Às 21h30, noCAE São Mamede



Sábado, às 16h00, estás convidado para uma conversa com o cineasta francês Olivier Assayas, no Cineclube de Guimarães, onde, à noite, passa uma retrospetiva de vídeos e curtas-metragens do coletivo Filmes da Mente. Às 22h00, em São Torcato, acontece mais um espetáculo do grupo OUTRA VOZe, às 23h30, no espaço On.Off da Fábrica ASAAline Frazão dá um concerto de apresentação do seu disco Clave Bantu. O centro histórico reserva-te umaNoite Branca. Música, dança e performance são alguns dos ingredientes... Só tens de vestir uma peça de roupa branca e fazer parte da festa que vai transformar a cidade de Guimarães num imenso palco. 



Domingo à tarde, temos mais um espetáculo radiofónico ao vivo, com historias contadas pelo Sr. Guimarães. Basta sintonizar a frequência 98.0 fm, da Santiago.fm. Às 15h00, o Largo da Igreja de Tabuadelo recebe o XVI Festival Nacional de Folclore, com a atuação do Rancho Folclórico de São Cristóvão de Tabuadelo. 



Estas e muitas outras propostas em guimaraes2012.pt. "

segunda-feira, 2 de julho de 2012

Dias da revolução 2012 - O Vídeo

Publicamos hoje o ultimo video realizado pelo NE25A e produzido pela " Oficina de Video da Puerpolis", para lembrar o que foram os " Dias da Revolução 2012". 

Podes ver o video aqui ou se preferires no "YouTube" (canal NE25A).

Brevemente mais novidades!

video