quinta-feira, 31 de julho de 2014

Viagem Medieval em Terra de Santa Maria


Tem inicio hoje e prolonga-se até ao próximo dia 10 de Agosto, em Santa Maria da Feira, a 18.ª "Viagem Medieval em Terra de Santa Maria", sob a égide do reinado de D.Sancho II. Com o custo do bilhete diário a 2€, ( 5€ para os 11 dais do evento), a "Viagem" será feita num espaço de 33 hectares, co 291 espetáculos, 135 horas de animação, em 32 áreas temáticas e com 1400 performances circulantes.

Para saberes mais, segue o "link" (imagem).

A não perder!

segunda-feira, 28 de julho de 2014

100 anos após... inicio da 1ª Guerra Mundial


A Primeira Guerra Mundial foi  a primeira das Guerras Globais, centrada essencialmente no continente europeu, que começou em 28 de julho de 1914 e durou até 11 de novembro de 1918 (inicio do armistício). Este  conflito envolveu as grandes potências de todo o mundo, aliadas em 2 blocos/alianças opostas: os Aliados (com base na Tríplice Entente entre Reino Unido, França e Império Russo) e os Impérios Centrais (originalmente Tríplice Aliança entre Império Alemão, Áustria-Hungria e Itália; mas como a Áustria-Hungria tinha tomado a ofensiva contra o acordo, a Itália não entrou em guerra tendo sido “substituída” pelo Império Otomano/Turco).
Acredita-se que participaram mais de 70 milhões de militares, incluindo 60 milhões de europeus. À volta de 10 milhões de combatentes foram mortos, em grande parte por causa de avanços tecnológicos que determinaram um crescimento enorme na letalidade de armas, mas sem melhorias correspondentes em proteção ou mobilidade. Foi o sexto conflito mais mortal na história da humanidade e que posteriormente abriu caminho para várias mudanças políticas e, segundo alguns autores, para a segunda guerra mundial.


sábado, 26 de julho de 2014

2 títulos mundiais para a equipa de robótica SIMÃOZINHO!


"A equipa de robótica Simãozinho da Escola Santos Simões, Guimarães, composta por Bruno Cunha, Isabel Oliveira, João Ribeiro, Bruna Fernandes, Mariana Carneiro e pelo Eng. Francisco Pinto, conquistou na classe de Dança Robótica Júnior - (15-19), dois títulos mundiais -o prémio da melhor performance individual e o prémio técnico para super-equipas-. 
Esta edição do Campeonato Mundial de Robótica realizou-se de 21 a 24 de Julho, na cidade de João Pessoa, no estado da Paraíba no Brasil. Já são quatro títulos mundiais que esta equipa vem ganhando nos últimos três anos. A equipa superou todas as dificuldades, mostrou grande profissionalismo e concentração. Os brasileiros renderam-se aos encantos do robô e da restante equipa, tornando-se uma atracção no campeonato júnior. 
O professor Francisco Pinto salienta o empenho e trabalho da equipa, e os alunos o ambiente e a alegria de ter ganho. 
A chegada a Portugal será no próximo dia 28 de Julho."

O NE25A endereça os mais calorosos parabéns a todos os membros da equipa e ao AE Santos Simões

sexta-feira, 25 de julho de 2014

2.ª Feira do Livro Independente

Os "Banhos Velhos", na vila das Taipas, recebem a partir de hoje  e até domingo, (25 a 27 de Julho), a 2.ª edição da "Feira do Livro Independente".
O certame junta editores independentes de todo o país e não só. Durante o fim-de-semana, além das bancas de livros, haverá apresentações e lançamentos, workshops e o concerto do projeto Osso Vaidoso, na sexta-feira, às 22 horas.

quinta-feira, 24 de julho de 2014

10 anos depois... recordar o "Homem dos mil dedos"

video

Carlos Paredes
16/02/1925 - 23/07/2004

quarta-feira, 23 de julho de 2014

Leituras em dia... "Angola 61,Guerra Colonial: Causas e Consequências"

De Dalia Cabrita Mateus e Álvaro Mateus, com a chancela da Texto Editores, de 2011, aconselhamos a leitura de "Angola 61, Guerra Colonial: causas e consequências".
Um olhar geral pela África colonial de 1960, passando pela caracterização do colonialismo português e culminando na resposta repressiva dada às tentativas de organização e expressão política dos africanos, dão-se a conhecer os antecedentes e o início da guerra. Dois acontecimentos são focados e largamente abordados: as revoltas de 4 de Fevereiro e de 15 de Março de 1961.

segunda-feira, 21 de julho de 2014

Guimarães: a tradição das cutelarias... até 5 de Outubro nas Caldas das Taipas


Está patente desde o dia 12 de julho e até 5 de Outubro,no Salão Nobre da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Caldas das Taipas, a exposição "Guimarães: a tradição das cutelarias"
A exposição documenta uma das indústrias tradicionais de Guimarães e é constituída por cerca de 600 peças diferentes de cutelarias e dezenas de livros e documentos. 

Inclui também uma exposição de vitrines com produção atual de todas as fábricas de cutelarias em laboração e ainda por uma mostra do trabalho realizados por alunos da EB 2,3 das caldas das Taipas, no âmbito de um Curso Vocacional de Cutelaria.
Esta Mostra está aberta ao público, todos os dias da semana, com acesso grátis, no seguinte horário: - de Segunda a Sexta – 10h às 12h e das 15h às 18h. Aos Sábados e Domingos das 15h às 19h.

sexta-feira, 18 de julho de 2014

II Estágio da Orquestra de Sopros... concerto final hoje


Integrado no programa cultural dos Banhos Velhos, decorre pelo segundo ano o Estágio da  Orquestra de Sopros, organizado pela Banda Musical das Caldas das Taipas e pela Academia de Música Fernando Matos, entre os dias 14 e 18 de Julho. 
O concerto final decorre hoje, no Centro Pastoral das Caldas das Taipas.
 
Este ano, a academia teve como professores Francisco Pinto, Zeferino Pinto, a soprano Daniela Araújo e o trombonista Leonardo Fernandes.

A não perder.

Para mais informações, segue o "link" (imagem)

quarta-feira, 16 de julho de 2014

O mercado municipal... para Santana Castilho


"A apetência do Governo por ter cada vez menos responsabilidades sociais vai de passo síncrono com a ânsia caciqueira de mais poder por parte dos autarcas.
A municipalização da educação está a ensaiar os primeiros passos em contexto estratégico favorável, prudentemente escolhido, já que os professores não pensam senão nuns dias de férias, depois de afogados em trabalhos de exames, que culminaram um ano particularmente desgastante.

Foi Poiares Maduro, que não o ministro da pasta, que anunciou, na Comissão Parlamentar de Ambiente, Ordenamento do Território e Poder Local da Assembleia da República, em Março passado, a intenção de o Governo entregar a gestão da educação a dez municípios-piloto. Na altura, não clarificou o que entendia por gestão da educação. Tão-só disse que a intenção do Governo era descentralizar. Mas descentralizar, verbo transitivo que significa afastar do centro, não é panaceia que traga automática melhoria ao sistema. O experimentalismo descentralizador dos últimos anos no que toca à colocação de professores e o cortejo inominável de aberrações e favoritismos que gerou é um bom exemplo de que muitas vertentes da gestão do ensino devem permanecer centralizadas. Justifica-o a pequena dimensão do país, a natureza dos compromissos, legais e éticos, assumidos pelo Estado face a um vastíssimo universo de cidadãos e as economias de escala que as rotinas informáticas permitem. Quanto aos aspectos que ganharão, e são muitos, se aproximarmos a capacidade de decidir ao local onde as coisas acontecem, não deve o poder ser entregue às câmaras, mas aos professores e às escolas. Justifica-o a circunstância de estarmos a falar da gestão pedagógica. Porque quem sabe de pedagogia são os professores.

Há um fio condutor para esta proposta, qual seja o de impor à Educação nacional o modelo de mercado, agora de mercado municipal. Trata-se de transformar o acto educativo em produto de complexidade idêntica à rotunda ou à piscina municipal. Quer-se apresentar a Educação como um simples serviço, circunscrito a objectivos utilitários e instrumentais, regulado prioritariamente por normas de eficiência. Querem exemplo mais escabroso que o convite para que as câmaras cortem professores, até ao limite máximo de 5% do número considerado necessário, a troco de 12.500 euros por docente abatido?

Este é mais um passo que concretiza a estratégia empresarial e tecnocrática que o Governo tem para a Educação, bem fixada pela elitização do ensino, que o “dual” postula para as crianças de dez anos que reprovem duas vezes, pela adopção de pedagogias de adestramento, de que a hiperinflação dos exames é exemplo, e pelo contributo generoso para a introdução de linhas de montagem no ensino, que os monstruosos mega-agrupamentos tipificam. A municipalização, com os pressupostos conhecidos de distribuição de competências, implode de vez a propalada autonomia das escolas e abre portas a iniciativas partidárias de que temos sobeja demonstração empírica, via experiência já colhida de intensa introdução de jogos políticos no funcionamento dos conselhos gerais. Cruzada com as intenções (e o financiamento cativo em sede de Orçamento do Estado) que foram anunciadas quanto ao cheque-ensino, poderá repetir no país o que se verificou na Suécia, com a criatividade activa dos grupos económicos a explorarem o “negócio” até que, anos volvidos, se reconheça a sua falência.

Diz-se que a generalização só se efectivará se uma avaliação, cujo modelo é desconhecido, a recomendar. Os exemplos, velhos e recentes, atestam o valor que a intenção tem. Veja-se o que se acabou de fazer com a avaliação dos centros de investigação. Recorde-se como a experiência do ensino dual passou, vertiginosamente, sem qualquer avaliação, de 10 para 300 escolas. E olhe-se, com um sorriso complacente, o “empreendedorismo” voluntarista que já se esboça: o presidente da Câmara de Óbidos já anunciou Filosofia para os alunos do 1.º ciclo do básico, yoga para os do jardim-de-infância e golfe e “eco design” para os do secundário."

(fonte: Jornal Público on line de 16/07  
link: http://www.publico.pt/sociedade/noticia/o-mercado-municipal-1662992)

Elo 21... Educação com sentidos



Para acederes à revista "ELO 21 - Educação com sentido(s)", da responsabilidade do Centro de Formação Francisco de Holanda, segue o "link" (imagem).


Recordamos que podes encontrar vários artigos sobre vários temas da educação, escritos por docentes das mais variadas áreas da educação, constituindo uma fonte de análsie para todos os docentes.

domingo, 13 de julho de 2014

Robocup 2014... com o Grupo de Robótica Simãozinho


A equipa de Robótica "Simãozinho", da Escola Santos Simões, vai representar Portugal, entre os próximos dias 19 a 25 de Julho, no ROBOCUP 2014 (campeonato do Mundo de Robótica).  
A equipa constituída pelos alunos Bruno Cunha, Isabel Oliveira, João Ribeiro, Bruna Fernandes e pelo professor Francisco Pinto irá representar Portugal, na categoria de Dança Robótica Júnior B, na cidade de João Pessoa no Brasil.
De recordar que esta equipa já representou Portugal nas duas ultimas edições do Campeonato Mundial de Robótica tendo sido Campeão Mundial em SuperTeams, e melhor coreografia na Cidade do México, no México, em 2012, e finalista da mesma na cidade de Eindhoven, na Holanda em 2013.

A todos os envolvidos, o NE25A deseja o maior sucesso e neste espaço iremos ando noticia da prestação dos nossos representantes.



sexta-feira, 11 de julho de 2014

Vamos ajudar a Susana

As instalações dos bombeiros das Taipas recebem a 13 e 14 de julho, uma ação de recolha de sangue e inscrição de dadores de medula óssea.
Com a colaboração da Associação de Dadores Benévolos de Sangue de Guimarães, realiza-se uma recolha de sangue e de inscrições para dadores de medula óssea, nas instalações dos Bombeiros Voluntários das Taipas. 
Esta iniciativa tem por objetivo apoiar uma jovem de Lordelo a quem foi diagnosticada leucemia.
As recolhas efetuam-se no domingo, dia 13 de julho, das 09.00h às 122.30h e segunda feira, dia 14 de julho, das 16.00h às 19.00h ( sempre nas instalações dos BV das Taipas).

Vamos ajudar a Susana!

Aconselhamos... Inauguração do 3º ciclo expositivo do CIAJG - 26 de julho



terça-feira, 8 de julho de 2014

Lançamento da revista ELO 21... Centro de Formação Francisco de Holanda


É já na próxima quinta feira, dia 10 de julho, pelas 16.30h, que o Centro de Formação Francisco de Holanda (CFFH), lança a 21.ª edição da revista ELO. A edição deste ano subordinada à temática "Educação com sentido(s)", conta com um conjunto de artigos, abarcando os vários sentidos da educação e da responsabilidade de docentes e ex-docentes.
O lançamento é no auditório da Escola Secundária Francisco de Holanda e os docentes podem inscrever-se na página do CFFH ( link na coluna dos favoritos).

segunda-feira, 7 de julho de 2014

José Delgado Domingos... homenagem


Desapareceu um dos principais rostos de oposição à introdução da energia nuclear no nosso país. 
José Delgado Domingos tinha 79 anos, era presidente da Agência Municipal de Energia de Lisboa (E-Nova) e continuava ligado a um projeto meteorológico no IST, projeto inovador que permitia fazer previsões muito precisas sobre o vento que depois eram fornecidas às Redes Energéticas Nacionais (REN).
Publicou uma das principais obras de referência – “Inteligência ou Subserviência Nacional?”, sobre os efeitos perniciosos da opção nuclear e para o e para o antigo secretário de estado do ambiente, Carlos Pimenta, Delgado Domingos “Veio do mundo da energia para desmistificar a fraude económica e a fraude de segurança que era o nuclear”.

Para saberes mais sobre Delgado Domingos, aconselhamos a visita ao seu site pessoal 
(link na imagem)

sábado, 5 de julho de 2014

Noite Branca... em Guimarães

Realiza-se hoje, em Guimarães,  a Noite Branca. É a 3.ª edição deste evento que teve início com Guimarães Capital Europeia da Cultura 2012. Nos espaços mais emblemáticos da cidade, e para animar a noite mais longa do ano em Guimarães, estarão montados diversos palcos:  um Trio Elétrico, com início no Largo da Mumadona até ao Largo do Toural, com animação a cargo do DJ Pedro Cazanova, na Praça de S. Tiago será montado o Palco Funk/Comercial/R&B, com a DJ Viviane Campos, no Largo João Franco o som dos anos 90 até à atualidade estará a cargo do DJ Rui Almeida e na Plataforma das Artes e da Criatividade estará o Palco Remember entregue ao DJ Paulino Coelho, da Rádio Renascença..
A partir das 21h00, serão revelados os vídeos produzidos durante o momento 1.0 do WestWay Lab Festival, com projeção de um mini documentário e outros registos artísticos, reveladores das diferentes dimensões deste projeto especial. Por volta das 21h30min, o WestWay Lab Festival celebra o seu momento final com a apresentação de um projeto inovador, “Smoke Signals”, da autoria de Glen Calleja, um artista oriundo de Malta que irá mostrar as experiências quotidianas de três cidadãos vimaranenses com mais de 90 anos e cujo foco essencial é a perceção e uso da cozinha enquanto espaço. 

Durante toda a "Noite Branca", cuja entrada é livre, haverá também animação de rua, artes plásticas, dança, etc.

Não faltes… de branco!

ERMO e os First Breath After Coma... nos Banhos Velhos

ERMO e os First Breath After Coma, irão dar inicio hoje, pelas 22.00h, à programação musical dos Banhos Velhos, para o mês de julho.
Estes dois projetos alternativos sobem ao palco a partir das 22.00h, no Pavilhão Multiusos da Escola Secundária das Caldas das Taipas (por razões relacionadas com as condições meteorológicas adversas para a realização de eventos ao ar livre), sendo a entrada livre.


A " Birra do morto"... nos espaços criativos - Brito


Hoje, dia 5 de julho, pelas 21.30h, nos Espaços Criativos (Brito), a Academia Recreativa e Cultural Amigos de Ponte - ARCAP- leva à cena a peça de teatro “A Birra do Morto”.

Com encenação de Arnaldo Sousa, a peça irá caracterizar uma cerimónia fúnebre ativa e divertida de uma sociedade onde o cinismo de uns, o interesse de outros e a falsidade da maioria irá ridicularizar os medos e os receios perante a sua morte.
Entrada  livre.

quarta-feira, 2 de julho de 2014

Sophia de Mello Breyner Andresen... 6 de Novembro de 1919 - 2 de julho de 2004

video

Festas de S.Pedro... Póvoa de Varzim

Image and video hosting by TinyPic


Pequeno registo colhido por elementos do NE25A, nas festas de S.Pedro, na Póvoa de Varzim. Desde os tronos, passando pelas rusgas, as tricanas, os bairros e o convívio popular, de tudo um pouco numa das manifestações mais tradicionais da cultura popular portuguesa.