terça-feira, 12 de novembro de 2013

22 anos após... Stª Cruz - Díli - Timor Lorosae

O Massacre de Santa Cruz em Timor Leste (12 de Novembro de 1991), foi um dos muitos massacres perpetrados pelas forças de ocupação indonésia, na antiga colónia portuguesa. O que distinguiu este massacre de muitos outros, não foram os mortos ou os feridos, mas o facto de ter sido captado pela câmara do jornalista Max Sthal e de ter sido difundido por todo o mundo. Esta difusão, permitiu trazer a opinião pública para a questão de Timor Leste e de colocar a Indonésia perante as vozes reprovadoras da ONU.
Nesse dia 12 de Novembro de 1991, realizou-se uma missa em Díli por alma de Sebastião Gomes, um jovem membro da resistência timorense, seguida de uma romagem (mais de 2000 pessoas) à sua campa no cemitério. Esta romagem serviu para os jovens timorenses mostrarem a sua revolta pela ocupação indonésia (Timor Leste, colónia portuguesa, foi invadido pela Indonésia em 1975), afrontando as tropas de ocupação indonésia. O exército indonésio abriu fogo sobre a população, matando 74 pessoas no local e mais 127 em resultado de ferimentos. Até hoje, desconhece-se a localização de muitos corpos.


Para recordares e/ou conheceres esta data, observa o vídeo com o jornalista Max Sthal.

video

0 comentários:

Enviar um comentário