sábado, 28 de junho de 2014

28 de junho de 1914... 100 anos do assassinato de Sarajevo

video

No dia 28 de junho de 1914, em Sarajevo capital da província austríaca da Bósnia-Herzegovina, na região dos Bálcãs, ocorreu um atentado que mudou o destino de milhões de europeus e de boa parte do mundo. O arquiduque Francisco Ferdinando (herdeiro ao trono austro-húngaro) e sua esposa, Sofia Chotek, foram assassinados a tiros por um jovem de origem sérvia, chamado Gavrilov Princip. O terrorista com aqueles disparos demonstrou o repúdio do seu grupo étnico à presença austríaca, num ato que tomou dimensões catastróficas. 
A morte de Francisco Ferdinando pode ser considerada como a gota de água que fez transbordar o cálice das disputas e rivalidades entre os diversos países europeus, em concorrência pela hegemonia desde 1871. De 1871 a 1914 a realidade do continente é marcada pelo agravamento das disputas por mercados, territórios coloniais e predomínio na geopolítica europeia. 

0 comentários:

Enviar um comentário