quinta-feira, 11 de setembro de 2014

13 anos após o 11/09/2001

video

Os ataques terroristas de 11 de Setembro de 2001, chamados também de atentados de 11 de Setembro de 2001, foram uma série de ataques suicidas coordenados pela al-Qaeda aos Estados Unidos. Nesse dia, 19 terroristas da al-Qaeda sequestraram quatro aviões comerciais de passageiros. Os sequestradores intencionalmente colidiram com dois dos aviões contra as Torres Gémeas do World Trade Center em Nova Iorque, símbolo do capitalismo, matando todos a bordo e muitos dos que trabalhavam nos edifícios. Ambos os edifícios colapsaram em duas horas, destruindo prédios vizinhos e causando outros danos. Um terceiro avião de passageiros colidiu contra o Pentágono, centro das FA Norte Americanas e um quarto avião caiu num campo próximo de Shanksville, na Pensilvânia, depois que alguns de seus passageiros e tripulantes tentarem retomar o controlo do avião, que os sequestradores tinham reencaminhado para Washington.O número total de mortos nos ataques foi 2 996 pessoas, incluindo os 19 sequestradores. A esmagadora maioria das vítimas eram civis, incluindo cidadãos de mais de 70 países.Os Estados Unidos responderam aos ataques com o lançamento da chamada “Guerra ao Terror”: o país invadiu o Afeganistão para derrubar o regime Taliban, apoiante da “Al- Qaeda” e de Bin-Laden. Os Estados Unidos e muitos outros países reforçaram as respectivas legislações anti-terrorismo e ampliaram os poderes de aplicação da lei.
Foram cerca de 1200 estrangeiros que foram presos e encarcerados secretamente em relação à investigação dos ataques de 11 de Setembro, ainda que o governo dos EUA não tenha divulgado o número exacto (a maior parte presa na célebre base de Guantanamo – Cuba).Os métodos entretanto utilizados pelo pelos EUA para investigar e deter suspeitos têm sido severamente criticados por organizações de direitos humanos como a Human Rights Watch, a Amnistia Internacional e chefes de governos como a chanceler alemã Angela Merkel.

Foi na sequência deste ataque que os Estados Unidos invadiram o Afeganistão e Iraque, com as consequências tristemente conhecidas, que conduziram o mundo para uma espiral de insegurança terrível. O mundo ficou mais inseguro e o terrorismo ganhou um alento e protagonismo que já não conhecia desde os anos setenta.

0 comentários:

Enviar um comentário